ArkMago | O autor explica

Saudações!

Meu nome é Roberto Pinheiro. Provavelmente você não me conhece. Me apresentando brevemente: eu sou professor durante o dia e Game Designer à noite. Na realidade, passo a maioria das noites escrevendo sobre o assunto lá no meu blog, PinheiroBG e, quando consigo um tempinho, desenvolvo meus jogos. Entretanto, hoje, não vim falar de mim. Estou aqui para falar do ArkMago, jogo de minha autoria que será publicado pela Geeks N’ Orcs em breve. É válido lembrar que as imagens deste post são ilustrativas e não são as artes finais que estarão no jogo.

ArkMago é um jogo de blefe e dedução para 3 a 6 jogadores. Nele, cada jogador representa (secretamente) um dos clãs da Ordem dos Magos com o objetivo de se tornar o ArkMago, o posto mais elevado da Ordem. Para atingir esse posto, será necessário que você posicione membros do seu clã nas melhores posições no Conselho da Ordem. O secretamente, entre parênteses lá em cima, é justamente onde reside o blefe e dedução do jogo, pois nenhum jogador sabe qual o clã do seu oponente. Você conhece apenas o seu próprio. Então, você não pode ser muito óbvio em suas jogadas ou poderá ser alvo de conspirações e acabar derrubado do posto, perdendo todas as suas chances de atingir o ápice da Ordem. Além dessa dinâmica de papel secreto, o desenrolar do jogo é todo com posicionamento e manipulação de tiles. Enquanto que o final da partida é resolvido com uma votação secreta. Depois desse resumão, vamos para uma explicação mais concreta, começando pela preparação, que é extremamente rápida.

Cada jogador recebe uma das Cartas de Identidade, em partidas com menos de 6 jogadores as que restarem voltam para a caixa sem que ninguém veja. Depois disso todas as Cartas de Membros são embaralhadas e todo esse bolo é colocado sobre a mesa. Três Cartas de Membros são tiradas do topo do baralho para formar uma fila. Essa fila são as opções disponíveis para o jogador na sua vez. Sempre que uma carta é removida da fila, uma nova ocupa seu lugar até que o baralho acabe. Depois disso, duas Cartas de Objetivo são escolhidas aleatoriamente e lançadas na mesa como uma moeda, pois a frente e verso também devem ser aleatórios. O primeiro Objetivo é o principal e o segundo serve como critério de desempate. A partida já pode iniciar.

Em ArkMago, o jogo se desenrola por três Fases: Conselho, Intriga e Conspiração. Na Fase do Conselho, os jogadores vão alternando turnos colocando uma das três Cartas de Membros disponíveis na fila para formar uma grade 6×6. Só existem duas restrições de posicionamento: cada Membro deve tocar a lateral de pelo menos outro Membro e o Membro não pode ser posicionado de modo a crescer a grade mais do que seu limite.

Na Fase de Intriga, cada jogador terá três oportunidades para alterar a organização do Conselho. Então, começando pelo jogador que encerrou o Conselho na Fase anterior, este deverá escolher dois Membros adjacentes um ao outro e trocá-los de lugar. Um desses Membros deve ser protegido, com um tile de intriga posto sobre ele. Membros protegidos não podem sofrer futuras intrigas, isto é, nunca mais trocarão de lugar. É nessa fase que os jogadores devem recuperar posições perdidas durante a Fase de Conselho, mas qualquer movimento poderá levantar suspeitas. É necessário cuidado.

Por fim, vem a Fase de Conspiração. É definido qual Clã está satisfazendo melhor os Objetivos da rodada. Entretanto, este ainda não é o final da partida, pois se o jogador dono desse Clã chegou ao posto utilizando técnicas obvias, talvez sofre uma conspiração e perca a oportunidade de assumir o posto de ArkMago. Todos os jogadores votarão secretamente em quem acharem ser do Clã vencedor, que pode ser um dos jogadores ou até mesmo um dos Clãs que foram deixados na caixa. Se apenas um ou nenhum jogador votou no jogador correto, o Clã vencedor é o vitorioso, pois apenas um Clã não consegue derrubar o outro do poder. Entretanto, se dois ou mais Clãs acertaram o jogador do Clã vitorioso, este é automaticamente eliminado. A disputa ficará entre aqueles que votaram corretamente, seguindo os mesmos Objetivos estabelecidos no começo da partida, mas apenas entre eles.

E esta é uma partida de ArkMago. Um jogo rápido, mas que requer de você muitas habilidades para vencer. Não basta apenas ser o mais estratégico em posicionar seus Membros, você precisar se esconder. Não basta se esconder bem, você precisa blefar para que a culpa caia nos outros. Não basta apenas blefar bem, você precisa deduzir. ArkMago é o tipo de jogo que se passa tanto na mesa quanto numa dimensão à parte que fica apenas na mente dos jogadores. Foi um jogo criado por conta de um Desafio da Caixinha do Spa dos Jogos de Natal que com o trabalho de desenvolvimento, após o Desafio, conseguiu atingir um patamar que me deixou orgulhoso. Se você curtiu o que te contei aqui, não deixa de se inscrever para receber novidades sobre o jogo.

Espero que a explicação tenha sido o suficiente, é um jogo extremamente fácil de aprender, mas com uma dinâmica diferenciada. Espero também que vocês curtam jogar ArkMago tanto quanto eu gostei de criá-lo. Abraço!

Se você quiser receber novidades sobre os projetos da Geeks N’ Orcs como um todo, se inscreve aqui embaixo

Leave a Reply